Escritório Político

Site oficial de Vitor Manuel Marques – Gaia

Comentários fechados em SIRESP – GESTÃO DE REDES DIGITAIS DE SEGURANÇA E EMERGÊNCIA S.A. 2006

Data 4 de Junho de 2006 GABINETE DE ESTUDOS E DE PLANEAMENTO DE INSTALAÇÕES DO MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA E SIRESP -GESTÃO DE REDES DIGITAIS DE SEGURANÇA E EMERGÊNCIA S.A.   CONTRATO Relativo àconcepçào, projecto, fomecimerito, rnontagem, construçâo, gestào e manutençâo do SIRES)’   Lin kiate rs Avenida Fontes Pereira de Melo, 14-159 1050-121 Uisboa, Portugal Teletone (351) 21 864  [ Read More ]

Eleições presidenciais em França 2017

Comentários fechados em Eleições presidenciais em França 2017

Manuel Valls concorreu ás eleições presidenciais em França onde foi copiosamente derrotado, mas ao vislumbrar eleições legislativas desiste do seu partido para se inscrever no movimento de Emmanuel Macron, movimento ganhador. Tudo pelo poder, nada contra o poder! Esta situação é permitida em França, mas não é permitida em Portugal. (Lei da Tutela Administrativa Lei nº 27/96, de 01 de  [ Read More ]

Presidenciais francesas 2017 / ANÁLISE ao DEBATE Le PEN — MACRON

Comentários fechados em Presidenciais francesas 2017 / ANÁLISE ao DEBATE Le PEN — MACRON

ANÁLISE ao DEBATE Le PEN — MACRON … Ouvi na TF4 o debate em directo pois não estava com disposição para ouvir as barbaridades dos “tradutores” das Tv´s portuguesas. … Fiquei estupefacto com as conclusões principais que eu próprio tirei: … Le Pen tem sido apelidada de tudo e mais alguma coisa – “extrema-direita”, – “fascista” – e outras, por  [ Read More ]

Comentários fechados em A minha intervenção na Assembleia Municipal de vila nova de Gaia 28 de Abril de 2017

A minha intervenção na Assembleia Municipal de Gaia, 28 de Abril de 2017   Ilustres concidadãos Gaienses, digníssimos representantes eleitos dos gaienses: Caros amigos estamos em ano eleitoral, é um momento onde todos vós colocais os cidadãos perante escolhas de liderança e fazeis ouvir a vossa voz, o momento em Gaia não de divisões, mas sim, dos projectos e das  [ Read More ]

A VERDADE SOBRE A DESPESA DO ESTADO PORTUGUÊS 2015

Meus Prezados Amigos, Um pouco farto de ver e ouvir certas histórias, que pressentia, mal contadas, e decidi-me a fazer as minhas contas a partir das Fontes Oficiais (INE e EUROSTAT). Tem sido dito que os Pensionistas e os Reformados, junto com as Despesas de Pessoal do Estado, significariam, em conjunto, cerca de 75% a 78% das Receitas Públicas, fui  [ Read More ]

A Realidade de Portugal face á Europa

Por colaboração da PORDATA   RETRATODEPORTUGALNAEUROPA2015    

Tradição versus Constituição 2015

Tradição v/s Constituição Independentemente das manobras políticas que estendo estarem perigosamente indefinidas em Portugal e até na União Europeia, não me parece nada útil para o país ou que faça mesmo qualquer sentido num sistema democrático parlamentar passar-se a ideia, para o presente e para o futuro, que por apelidada tradição se mandate Primeiro-ministro o candidato do partido mais votado.  [ Read More ]

Empresas, Trabalhadores, Salário Mínimo

A secção de Empresas foi remodelada, revista e aumentada. Agora há uma série ainda mais vasta de novas informações muito úteis para quem se interessa pela realidade empresarial nacional – como a de baixo, que mostra a percentagem de trabalhadores que ganha o Salário Mínimo Nacional. No início do século era inferior a 5%; hoje, ronda os 20%. Fonte: Pordata  [ Read More ]

A Pobreza em Portugal 2004 / 2015

Muitas vezes não queremos saber apenas quantos pobres existem, mas também quão pobres são eles. O indicador ‘Taxa de Intensidade de Pobreza’ é uma maneira interessante de lá chegar. Este indicador diz-nos qual é a distância do rendimento dos pobres relativamente à linha da taxa de pobreza. Ou, visto de outra forma, qual a distância que os pobres ainda têm  [ Read More ]

Um presidente qual dogma – Esquerda ou Direita ?

Paulo Morais viabilizaria um Governo de esquerda “sem problemas”   “Não teria problema nenhum, desde que houvesse um quadro estável. Nós, em Portugal, não estamos habituados a soluções com negociação parlamentar porque, infelizmente, temos uma tradição de submissão do Parlamento ao Governo, mas nos termos constitucionais deve ser o Governo que se deve submeter ao Parlamento”, diz o candidato presidencial.  [ Read More ]

Procurar

Popular